Sao guido4

Neste domingo, 23 de outubro de 2011, dia mundial das missões, em Roma (Itália) foi canonizado pelo Papa Bento XVI, Dom Guido Maria Conforti, bispo de Parma (Itália) e fundador dos Missionários Xaverianos.

Sao guido6

Sao guido3

Sao guido5

Sao guido1

Dom Guido Maria Confortinasceu em 30 de Março de 1865, em Parma. Ainda menino, a caminho da escola, entrava diariamente na igreja de Nossa Senhora da Paz, se ajoelhava aos pés do crucifixo e rezava. Mais tarde, já bispo, lembra: “Eu O olhava e Ele parecia dizer-me tantas coisas!”.

Apesar da resistência do pai Rinaldo, com 10 anos, entra no Seminário diocesano de Parma. Durante seus estudos, a leitura da biografia de São Francisco Xavier, suscitou nele a vocação missionária. Seus pedidos, para ser aceito entre os Jesuítas ou Salesianos e ser enviado às missões, não tiveram êxito. Em 22 de Setembro de 1888, recebeu a ordenação presbiteral.

Para viver a vocação missionária, com apenas 30 anos de idade, fundou em 03 de Dezembro de 1895, festa de São Francisco Xavier, a congregação de São Francisco Xavier. Logo em1899, são enviados para a China os primeiros dois Missionários.

  1. Em maio de 1902, o Papa Leão XIII o nomeou Arcebispo de Ravenna (Itália). Infelizmente, a saúde enfraquecida o levou de volta para Parma como bispo coadjutor e logo titular. Foi um pastor com dois rebanhos: a diocese de Parma e o Instituto Missionário.

Dom Guido foi chamado à Casa do Pai, em 5 de novembro de 1931. Aos 17 de março de 1996, o Papa João Paulo II o proclama bem-aventurado e Papa Bento XVI o proclamará santo, em 23 de outubro de 2011.

Os Missionários Xaverianostrabalham no Brasil desde1953, em resposta a um apelo do papa Pio XII. Em Guaianases (diocese de São Miguel Paulista) desde 1980, a pedido de Dom Paulo Evaristo.

Sao guido2

Dom Manuel Parrado Carral, bispo diocesano, presidiu missa solene de Ação de Graças pela canonização de Dom Guido, no dia 22 de outubro, sábado às 19h00 na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus em Guaianazes.

Leia, na íntegra, homilia de Dom Manuel Parrado Carral clicando aqui