“Hoje a Virgem Maria apresentou o Menino Jesus no santo templo”.

Na festa litúrgica da apresentação do Senhor, é com alegria que me dirijo aos consagrados e consagradas presentes na Diocese de São Miguel Paulista. Saúdo as religiosas, os religiosos, os membros dos Institutos Seculares e as Leigas Consagradas que, em comunhão com esta Igreja Particular, colocam suas vidas a serviço do povo nos mais diferentes setores e na busca da construção do Reino.

Caros irmãos e irmãs, a vida consagrada, em si mesma,  é  um sinal de amor e de esperança no coração da Igreja e do mundo. O Espírito Santo, que faz novas todas as coisas, convoca a cada um e a cada uma a um crescer constante na intimidade com o Deus Trindade e a redescobrir a alegria e o encanto do serviço generoso aos irmãos por amor de Cristo, que se fez Servo por Amor.

Neste mundo desorientado e, muitas vezes, sem perspectivas, sem sentido da vida, sem razões para viver, precisamos ser homens e mulheres da esperança, anunciando Aquele que é a razão de nossas vidas. Para isto, não se deixem levar pelo ativismo onde não há lugar para o acolhimento, para a escuta e para a intimidade com o Senhor. Na Encíclica Spe Salvi, nº 32, o Papa Bento XVI afirma: “O primeiro e essencial lugar da aprendizagem da esperança é a oração.”

Rezemos paraque “nunca falte na Igreja este raio da divina beleza que ilumine o caminho da existência humana” (João Paulo II, Vida Consagrada- nº 109). Que a Virgem Maria, venerada em nossa Diocese sob o título de Nossa Senhora da Penha, interceda por todos os consagrados e consagradas para que sejam, junto ao povo, verdadeiras testemunhas do Amor e da Esperança. A todas e a todos  minha bênção como penhor das graças de Deus.

Dom Manuel Parrado Carral
Bispo Diocesano de São Miguel Paulista