“Enviados pelo Espírito Santo (...)
começaram a anunciar a Palavra de Deus...”

(cf. At 13, 4-5)

A elaboração do 6º Plano pautou-se pelas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, as quais indicam 05 Urgências na Ação Evangelizadora. Desde as Assembleias Paroquiais, o objetivo final de todo o processo foi escolher uma prioridade pastoral para cada uma das Urgências.

2014-10-25 Assembleia05

O processo do 6º Plano iniciou-se com os Encontros de Motivação nas Regiões Episcopais em março, passando pelas Assembleias Paroquiais em maio e, nos meses de julho e agosto, pelas Assembleias Setoriais e das Pastorai e Movimentos da Diocese, desembocando finalmente na Assembleia Diocesana para o 6º Plano Diocesano de Pastoral, reunida em 25 de outubro de 2014, nas dependências da Obra Social da Paróquia Santa Luzia do Jardim Nordeste. Ela definiu as Prioridades que irão guiar a caminhada pastoral da Diocese nos próximos 04 anos.

Para a primeira urgência “A Igreja em estado permanente de missão” (DGAE 76-84) –, considerando o forte apelo do Papa Francisco para “uma Igreja em saída” (cf. EG 20-24), elegeu-se como prioridade a VISITAÇÃO MISSIONÁRIA.

2014-10-25 Assembleia02

Para a segunda urgência “Igreja: casa da Iniciação à vida cristã” (DGAE 85-91) –, reconhecendo que, a partir do Querigma, há a necessidade de um crescimento e amadurecimento constante na fé, que contemple não somente o aspecto doutrinal, mas, sobretudo a vivência do amor (cf. EG 160-162), e levando-se em consideração que a catequese deverá ser querigmática e mistagógica (EG 163-168), elegeu-se como prioridade a CATEQUESE PERMANENTE.

Quanto à terceira urgência“Igreja: lugar de animação bíblica da vida e da pastoral” (DGAE 92-97) – tendo em conta as palavras do Papa Francisco, o qual afirma que “É indispensável que a Palavra de Deus ‘se torne cada vez mais o coração de toda a atividade eclesial’” (EG 174), elegeu-se como prioridade para esta urgência a BÍBLIA.

2014-10-25 Assembleia04

Na quarta urgência“Igreja: Comunidade de comunidades” (DGAE 98-105) –, fazendo eco à Exortação “A alegria do Evangelho” (EG 28) e ao documento n. 100 da CNBB – “Comunidade de comunidades: uma nova Paróquia”, a Assembleia elegeu como prioridade a RENOVAÇÃO DAS ESTRUTURAS PAROQUIAIS.

Para a quinta urgência“Igreja a serviço da vida plena para todos” (DGAE 106-120) –, privilegiando os pobres (cf. EG 48), recordando que há um estreito vínculo entre confissão de fé e compromisso social decorrente do Evangelho (cf. EG 177-178) e que “o serviço da caridade é uma dimensão constitutiva da missão da Igreja” (EG 179), elegeu-se, para esta urgência a prioridade PASTORAL SOCIAL.

Confiantes na ação misteriosa do Ressuscitado e do seu Espírito (cf. EG 275-279), sob a intercessão materna de Maria, a Mãe da Evangelização (cf. EG 284-288), com a consciência de que devemos ser “evangelizadores que se abrem sem medo à ação do Espírito Santo” (EG 259), disponhamo-nos à missão, como Povo de Deus, com alegria e sem deixarmo-nos abater pelo cansaço ou acídia que mirra a alma (cf. EG 277).