Há 30 anos, no dia 15 de março de 1989, a bula Constant Metropolitanam Ecclesiam, do papa João Paulo II, criava a Diocese de São Miguel Paulista, com uma área territorial de 198 km2, desmembrando-a da Arquidiocese de São Paulo. À época, também foi nomeado nosso primeiro bispo diocesano, Dom Fernando Legal, SDB, segundo o qual, a criação da nossa igreja particular foi fundamental para a dinâmica da cidade. “O Santo Padre São João Paulo II multiplicou a presença na Igreja em São Paulo”, disse. “A Igreja é o povo de Deus a caminho, seguindo Jesus Cristo. Juntos, podemos construir uma unidade, uma fraternidade e uma partilha. Como se diz, ‘um por todos e todos por um’”, afirmou.

Para nosso atual vigário geral, Pe. Edilson de Souza Silva, 30 anos pode parecer um bom tempo, mas em termos de caminhada da Igreja, ainda é pouco. “Sem dúvida, muita coisa já aconteceu, mas leva tempo até que uma Diocese vá formando um ‘rosto’. A identidade da nossa Diocese, nesse sentido, ainda está em construção”, contou. “De qualquer modo, há muito que se celebrar e agradecer a Deus: hoje temos número significativo de novas paróquias e comunidades e, portanto, uma presença maior em muitos bairros; um seminário bem estruturado; estamos já para iniciar o sétimo plano diocesano de pastoral, além de outras coisas”, relatou.

O futuro de nossa Igreja, para o Pe. Edilson, está repleto de esperança. “A continuidade não deve estar no fato de todos fazerem igual e da mesma forma, mas no fato de estarem em comunhão na mesma fé e perseguirem o mesmo objetivo, que é a evangelização em vista do bem e da salvação de todos, e da construção do Reino. Os tempos e as circunstâncias exigirão abordagens, métodos e linguagens diferentes, mas o escopo não muda: a Igreja existe para evangelizar e não em função de si mesma”, terminou.

Para a celebração dos 30 anos, nosso bispo diocesano, Dom Manuel Parrado Carral, exorta-nos à intensificarmos a participação em três grandes momentos da vida diocesana: a missa dos santos óleos, na Basílica da Penha, dia 17 de abril; a Romaria Diocesana à Aparecida, dia 15 de setembro; e a Assembleia Diocesana de Pastoral em preparação ao 7º plano diocesano, marcada para o mês de outubro. Também para este ano, foi preparado um logotipo comemorativo, preparado pelo Jonathan Moura, da Paróquia do Bom Jesus das Oliveiras, do setor Itaim Paulista. Exortamos a todos que ajudem-nos a divulgá-lo nas redes sociais, entre os seus contatos.

Diác. Tiago Cosmo da Silva Dias
Pe. Wetemberg Aires de Oliveira