Imprimir

cabecalho

São Paulo, 31 de janeiro de 2021.

Paz e Bem!

Com o atual agravamento da pandemia, o Governo do Estado de São Paulo adotou regras mais restritivas: nos dias úteis, o município de São Paulo está classificado na fase – 2 (laranja); e aos finais de semana, na fase – 1 (vermelha), quando só é permitido o funcionamento dos serviços essenciais.

Recordo que as normas estabelecidas em nossa diocese pela Mensagem de 20 de julho de 2020 atendem às exigências impostas atualmente, inclusive para a fase vermelha. Recomendo que a retomem (clicando acima) e continuem seguindo as recomendações ali expressas com seriedade e cuidado.

Entretanto, peço licença para reforçar alguns pontos:

1. As igrejas fiquem abertas para visitas e orações dos fiéis;

2. As celebrações presenciais se restrinjam aos 40% de sua capacidade de ocupação;

3. Seja feita a higienização do ambiente após as celebrações presenciais;

4. Disponibilização de álcool gel e medidor de febre;

5. Insistência junto aos fiéis para que, em todas as ocasiões e lugares: evitem aglomerações, usem a máscara, higienizem as mãos e só saiam de casa em caso de necessidade – pessoas idosas e portadoras de alguma doença estão dispensadas da participação nas missas de preceito.

Continuemos unidos em oração rezando pelo povo que nos foi confiado e suplicando a Deus que, em sua infinita misericórdia, nos livre dessa pandemia. Rezemos, também, pelos nossos governantes para que tomem decisões com a responsabilidade que a gravidade do momento exige. Que a Virgem Maria, Nossa Senhora da Penha, nos abençoe e proteja hoje e sempre.

Fraternalmente em Cristo Jesus,

Dom Manuel Parrado Carral
Bispo Diocesano de São Miguel Paulista
(acesse aqui a Mensagem assinada pelo bispo diocesano)