Ano Santo Mariano

O Ano Santo Mariano, aprovado pela CNBB em sua Assembléia Geral de 2016, foi aberto em outubro passado como parte da celebração dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida nas águas do Rio Paraíba do Sul por três humildes pescadores, e se encerrará a 11 de outubro de 2017.

O arcebispo emérito de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis, encaminhou ao Vaticano o pedido de concessão de indulgência durante o Ano Mariano. Em resposta, o documento enviado pelo Supremo Tribunal da cúria romana ressalta que a indulgência plenária será concedida “aos fiéis verdadeiramente penitentes e impulsionados pela caridade, se em forma de peregrinação visitarem a basílica de Aparecida ou qualquer Igreja paroquial do Brasil, dedicada a Nossa Senhora Aparecida”. 

Os fiéis católicos poderão alcançar indulgência plenária, durante o Ano Santo Mariano, com as práticas habituais: 1. Peregrinação a um santuário ou Igreja paroquial dedicada a Nossa Senhora Aparecida; 2. Confissão sacramental; 3. Comunhão eucarística; 4. Oração na intenção do santo padre, o Papa. “A conclusão deste momento deve acontecer com a Oração do Pai nosso, pelo Símbolo da Fé e pelas invocações da Beata Maria Virgem, em favor da fidelidade do Brasil à vocação cristã, impetrando vocações sacerdotais e religiosas e em favor da defesa da família humana”.

Em nossa Diocese temos 10 Igrejas Paroquiais dedicadas a Nossa Senhora Aparecida: no Setor Pastoral de Itaquera, na Rua Dr. Álvaro de Mendonça, 521; no Setor Pastoral Artur Alvim, na Rua Felipe Galvão, 561 – Vila Granada e na Rua São Vitório, 469 – Vila Nhocuné; no Setor Pastoral Cidade Líder, na Rua Ponche Verde, 584 – Jd. Bandeirantes; no Setor Pastoral Ermelino Matarazzo, na Rua César Dacorso Filho, 04 – Parque Boturussu; no Setor Pastoral Jardim Helena, na Rua Bolçuaiba, 242 – Jd. Helena; no Setor Pastoral Silva Telles, na Rua Isabel Morales O. Miragaia, 201 – Jd. Miragaia; no Setor Pastoral Ponte Rasa, na Rua Pe. João de Castro e Costa, 02 – Vila Pauabe e na Rua Rafael Coelho Machado, 150 – Jardim Três Marias; no Setor Pastoral São Miguel,  na Rua Adão Manuel da Silva, 19 A – União de Vila Nova.

Movimento da Mãe Rainha Três Vezes Admirável

No dia 6 de agosto, Festa da Transfiguração do Senhor, o movimento da mãe rainha três vezes admirável de nossa Diocese, realizou a sua concentração anual na Catedral de São Miguel Arcanjo. A Eucaristia foi presidida pelo bispo diocesano.

2017 08 imagem peregrina 

Dom Manuel Parrado Carral,  acolheu as famílias, lembrando  que neste primeiro domingo do mês das vocações é lembrado o  dia do padre. Pediu orações, pelas vocações sacerdotais, pala perseverança dos seminaristas e pela santificação dos padres e dos bispos.

2017 08 imagem peregrina2

Lembrou que neste domingo a Igreja celebra a Festa da Transfiguração do Senhor e a Palavra de Deus nos chama a refletir sobre a manifestação do Senhor que, como estrela da manhã, um dia brilhará em nossos corações.

Confraternização pelo Dia do Padre

O dia 04 de agosto, no calendário litúrgico, é  celebrada a festa de São João Maria Vianney, o Cura D’Ars, padroeiro dos padres. Em nossa Diocese  o dia do Padre foi comemorado no dia 02 de agosto reunindo os padres em um momento de confraternização no Centro de Formação do Tabor.

2017 08 Dia do padre 

O encontro iniciou-se com um momento celebrativo, presidido pelo Bispo Diocesano que acolheu a todos. Dom Manuel, a parir de uma homilia do Papa Francisco em Santa Marta  dirigida aos padres, destacou a missão do padre como pastor e mediador. Entre outros aspectos, lembrou que neste mundo conturbado e violento somos chamados a ser homens de paz, de reconciliação, de perdão, sendo “pontes”, como pede o Papa Francisco, para facilitar a proximidade entre Deus e as pessoas e das pessoas entre si, pois, somos chamados a ser mediadores. O encontro terminou com o almoço de confraternização preparado pela equipe do Seminário e do Tabor.

2017 08 Dia do padre2