Com um Sol de 40° C, cerca de 20 mil pessoas se reuniram em Osasco, no último sábado (1º)  para celebrar a presença da Cruz da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e do Ícone de Nossa Senhora na diocese localizada na região metropolitana de São Paulo.

A Cruz peregrina chegou a Diocese na sexta-feira (30/9), no Convento das Carmelitas em Cotia. No fim da tarde, a cruz seguiu para o Colégio Misericórdia, em Osasco, onde foi recebida pelo bispo diocesano, dom Ercílio Turco, alunos e professores.  À noite, dando início ao evento "Firmes na Fé", em procissão com velas, os jovens levaram os símbolos a para catedral diocesana, onde, junto com dom Ercílio, adoraram o Santíssimo Sacramento.

Na manhã ensolarada do sábado, a cruz foi carregada por jovens de todas as regiões, pastorais e movimentos, em uma grande procissão até o local, onde, com apresentações de dança e shows das bandas Arkanjos e Nova Face. A grande festa reuniu cerca de 20mil pessoas.

Durante a missa de encerramento do "Firmes na Fé", dom Ercílio contemplou, em sua homilia, as hastes da Cruz, dizendo que aquela que aponta para o céu ensina que lá é lugar que o cristão deve buscar as coisas do alto; as hastes laterais mostram os braços abertos da Igreja, que convida a juventude a viver a fé em comunhão e fraternidade, superando o individualismo do mundo.  Sobre a haste do chão, dom Ercílio explicou que essa revela que todos devem cuidar das raízes, da natureza e das instituições que regem a sociedade.

A chegada da cruz na Diocese de Osasco, assim como tem sido nas demais dioceses, revela a unidade da Igreja e constitui um marco na história da juventude católica.

De Osasco, os símbolos da JMJ seguiram para a Arquidiocese de Sorocaba, dando continuidade à peregrinação pelo Regional Sul 1 da CNBB (Estado de São Paulo).

Fonte: Natália Paula Pereira – Diocese de Osasco