05 dmanuel“ALEGRAI-VOS! NÃO TENHAIS MEDO: IDE ANUNCIAR A MEUS IRMÃOS QUE VÃO PARA A GALILÉIA. LÁ ME VERÃO”.

 (MT 28,9-10)

Estamos vivenciando a última semana da quaresma, prepa-rando-nos para celebrar a grande semana onde fazemos memória da paixão, morte e ressurreição do Senhor, com a celebração do Tríduo Pascal. Muito nos ajudou nesta caminhada quaresmal a reflexão sobre o tema da Campanha da Fraternidade que nos alertou sobre o tráfico humano com o lema: “É para a liberdade que Cristo nos libertou”.

Durante quarenta dias refletimos sobre a dura realidade de milhões de irmãos que são vítimas do tráfico humano. Também para eles deve haver uma madrugada da ressurreição. Eles devem ser sur-preendidos por mensageiros cristãos, “anjos”, que lhes anunciem: Vocês não precisam ter medo. Jesus ressuscitou!. Ele precede a cada um de nós e fica à nossa espera para o encontro na Galiléia “lá me verão”, afirma Jesus (Mt 28,10).

A “Galileia” hoje é o sacrário onde Jesus está presente, espe-rando por nós, Ele anseia por este encontro com cada um, com cada uma para nos amparar, nos confortar e fortalecer na caminhada do dia a dia. Exorto a cada fiel de nossa diocese que sejam alegres mensa-geiros da Boa Notícia: Jesus Cristo está vivo e caminha conosco.

A madrugada da ressurreição se torna um momento único na vida dos seguidores de Jesus. O contexto de Jerusalém é o mesmo da sexta-feira  mas, para os amigos de Jesus, brilha uma luz nova que vem da certeza de que Ele está vivo. A morte, o pecado e todas as maldades foram vencidos.

No “dia que o Senhor fez para nós” venho saudar todo o Povo de Deus da Diocese de São Miguel Paulista e trazer meus cor-diais votos de Feliz e Santa Páscoa. 

À medida que anunciamos essa verdade nossa fé se consoli-da, nossa alegria aumenta porque é compartilhada.  Em várias ocasi-ões o Papa Francisco afirma: É uma contradição, é a maior contradi-ção o fiel cristão que não tem um coração alegre e feliz.

Aleluia! Aleluia! Aleluia!Alegremo-nos sempre no Senhor!

Uma ocasião para manifestarmos publicamente a alegria da certe-za que o Cristo Ressuscitado está vivo entre nós é participar da 30ª Caminhada da Ressurreição na madrugada do dia 20 de abril.

Dom Manuel Parrado Carral