cabecalho

Em razão da pandemia de COVID-19 as celebrações litúrgicas presenciais foram suspensas no mês de março e retomadas, com restrições e protocolos de segurança sanitária, no dia 25 de julho de 2020, conforme nosso decreto expedido na referida data.

Muitas paróquias haviam agendado as celebrações do sacramento da CRISMA, as quais estavam previstas para acontecer ao longo do ano de 2020. Contudo, tiveram que ser suspensas por razões sanitárias.

Em vista do bem espiritual de nossos(as) crismandos(as) jovens e adultos, cuja preparação catequética já foi concluída e que aguardavam a data para a recepção do sacramento, julgamos por bem delegar, em caráter extraordinário, os respectivos párocos e administradores paroquiais para que possam administrar o sacramento da CRISMA àqueles que se encontram nesta situação.

Dado que o número de paróquias de nossa diocese é significativo, um adiamento muito longo para tais agendamentos de Crismas poderia gerar desânimo naqueles que já aguardam há tempo para completarem sua iniciação cristã.

Esta delegação não se estende aos candidatos à Crisma que ainda estão em preparação ou que deverão iniciá-la ao longo deste ano de 2021. Para estes casos, será necessário seguir o processo ordinário de agendamento junto ao Bispo Diocesano.

Neste ato de delegação, determino também os seguintes critérios para as celebrações:

  • sejam agendados dias e horários que não coincidam com os horários fixos de missas dominicais ou vespertinas abertas ao povo, para evitar concentração de grande número de pessoas nas igrejas;
  • restrinja-se, ao máximo, o número de participantes, admitindo somente os pais e parentes próximos, padrinhos e catequistas;
  • observe-se rigorosamente as normas de segurança já expedidas pela Diocese para a prevenção da Covid-19, a saber: lotação controlada, medição de temperatura, distanciamento social, disponibilização de álcool em gel, uso de máscaras, janelas abertas para ventilação;
  • as celebrações sejam breves.

Confiando nossos(as) crismandos(as) à proteção de Nossa Senhora da Penha e de São Miguel Arcanjo, suplicamos a Deus que sejam perseverantes no seguimento e no anúncio de Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida. A todos envio a minha bênção.

São Paulo, 6 de fevereiro de 2021.

Dom Manuel Parrado Carral
Bispo Diocesano de São Miguel Paulista
(acesse o documento original, assinado pelo bispo diocesano)